Reunião de Negociação com a empresa Transportadora Pra Frente Brasil

SEG / 15 MAI

Nesta segunda feira (15/05) os representantes do SITROVEL – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Cascavel e três trabalhadores motoristas estiveram reunidos com os representantes das empresas TRANSPORTADORA PRA FRENTE BRASIL LTDA e TRANSPORTADORA CHMILOUSKI LTDA – ME para deliberar sobre a proposta de renovação do Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018.

Após amplo debate entre as partes restou definido que serão levados a apreciação dos trabalhadores em Assembleia Geral Extraordinária no dia 22/05 às 07h30min a proposta a seguir:

1º – COMISSÕES – A partir de 01/05/2017 os motoristas receberão somente remuneração variável (comissionista puro), conforme abaixo, sobre o faturamento líquido do veículo, entendido como tal o valor dos fretes, descontados os valores de gastos com ICMS, Pedágio e Combustível.

  1. a) Motorista Rodo-Trem 8,7%;
  2. b) Motorista Bi-Trem – Transferência e Coleta 9,2%;
  3. c) Motorista de Carreta – Transferência e Coleta 9,2%;
  4. d) Motorista de Carreta – Entrega Cascavel 8,4%;
  5. f) Motorista de Carreta – Frigorificada 9,9%;
  6. g) Motorista de Truck 11,2%.

2º – GARANTIA MÍNIMA DE REMUNERAÇÃO PARA MOTORISTAS – Assegura-se a partir de 01/05/2017 o reajuste correspondente a 6% sobre a garantia mínima de remuneração que passará para:

01 – Motorista Rodo-Trem R$ 2.531,28;

02 – Motorista BiTrem R$ 2.301,26;

03 – Motorista de Carreta R$ 2.092,44;

04 – Motorista de Truck R$ 1.676,92;

05 – Guardião R$ 1.331,36;

06 – Auxiliar de escritório,  Secretária,  Office Boy/Motociclista/Ciclista, Auxiliar de limpeza, Borracheiro e  Frentista/Lavador/Lubrificador R$ 1.282,60;

3º – DIÁRIAS – A empresa fará o adiantamento de diárias sempre no dia 25 (vinte e cinco) desde que essa data não recaia em sábado, domingo e feriados, no valor correspondente a 24 diárias, sendo que no mês seguinte caso haja labor inferior a 24 dias tal diferença será descontada no mês seguinte, bem como, se houver labor superior a 24 dias, tal valor será creditado a mais no mês seguinte, ficando fixado a partir de 01/05/2017 o valor mínimo para uma diária de R$ 60,50 (sessenta reais e cinquenta centavos), sem necessidade de comprovação das respectivas despesas; § 1º – Somente terá direito a diária o motorista em viagem se o labor for superior a 06 (seis) horas; § 2º – Exclusivamente em dias destinados ao retorno para a base da empresa, caso a jornada de trabalho seja inferior a 06 (seis) horas, o trabalhador terá direito a meia diária, ou seja, R$ 30,25 (trinta reais e vinte e cinco centavos); § 3º – Como a presente cláusula trata de pagamento das despesas d viagens, tais valores não serão considerados como verba de caráter salarial, ainda que ultrapassem 50% (cinquenta por cento) do salário mensal do empregado;

4º – LIVRO (FICHA) DE BORDO / LIVRO DE ANOTAÇÃO DE MANUTENÇÃO – Será obrigatório a existência de livro (ficha) de bordo diário/livro de anotação de manutenção diário, em duas vias (uma para o empregado e uma para empresa) constando necessariamente, manutenções feitas, as recomendações efetuadas pelo condutor e pelo mecânico responsável.  PARAGRAFO ÚNICO: Sendo obrigatória a identificação do responsável pela anotação, e assinatura do empregado e do empregador ou preposto em todas as folhas e vias;

5º – RELAÇÃO NOMINAL DE EMPREGADOS – As empresas devem encaminhar a entidade profissional cópia das guias de recolhimento da contribuição sindical, bem como das demais guias de descontos devidos ao Sindicato, com as suas respectivas relações nominais dos empregados e dos salários, no prazo máximo de 30 (trinta) dias após o desconto;

6º – MANUTENÇÃO DAS DEMAIS CLÁUSULAS PRÉ-EXISTENTES NOS INSTRUMENTOS COLETIVOS DE TRABALHO 2016/2017 – Ficam automaticamente renovadas às demais cláusulas pré-existentes no instrumento coletivo de trabalho 2016/2017 para o novo exercício 2017/2018, apenas com mudança na cláusula 22º do ACT anterior, onde serão excluídos os parágrafos 6º e 7º que trata do tempo de espera, que a partir do novo ACT 207/2018 não haverá mais o tempo de espera sendo pago as horas excedentes como extra, ou seja, adicional de 50%;

7º – O representante da empresa informou ainda que está em faze de análise o sistema de bonificação para gratificar aos trabalhadores que desempenham suas funções com excelência, neste sistema haverá pontuação de acordo com os parâmetros que estão em fase de análise, e assim que o sistema esteja concluído as partes celebrarão Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho.

© 2013 Fundação Iguaçu. Todos os direitos reservados.

Rua Fortunato Bebber, 1822 - São Cristóvão, Cascavel - Paraná

(45) 3227 3350