Salário mínimo menor mostra que alvo de Temer é trabalhador

QUI / 17 AGO

A previsão de que o salário mínimo passasse para R$ 979 foi cortada em R$ 10 para cada trabalhador brasileiro, passando a previsão para R$ 969, em 2018. Com isso, Temer pretende assegurar cerca de R$ 3 bilhões aos cofres do governo.   “Temer deixa claro que seu alvo é a classe trabalhadora, que é penalizada com os custos dos rombos das contas públicas. Agora, o governo que perdoa a dívida de latifundiários com a Previdência, que não faz qualquer movimento para taxar as grandes fortunas, corta R$ 10 do minguado salário de 45 milhões de aposentados e trabalhadores que vivem de salário mínimo”, protestou o presidente da CTB, Adilson Araújo. Além do corte no salário mínimo, o governo anunciou ontem (15) uma série de medidas para aumentar a arrecadação. Entre elas, o congelamento do salário dos servidores e a criação de teto salarial no serviço público. Nenhuma delas, no entanto, afeta as grandes fortunas. Ao aumentar o salário mínimo menos do que estava estimando anteriormente, portanto, aposentados e beneficiários de seguro-desemprego, abono salarial, BPC e Loas também receberão menos, já que os benefícios previdenciários seguem o valor do salário mínimo.   Dieese De acordo com o Departamenteo Intersindical de … Continue lendo

Reforma trabalhista pode estimular fraude contra trabalhador

Contrato intermitente traz riscos para o trabalhador

ARRAIÁ do SITROVEL

Destaques

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Dez regras do pacote de Temer que liquidam a Previdência

SITROVEL recebe certificado de Destaque 2016

15/03 Dia nacional contra retirada de direitos

Presença feminina nas estradas está mudando o cenário de preconceito e machismo

SITROVEL faz homenagem as mulheres pelo dia Internacional da MULHER

SITROVEL realiza Cascavel Rosa

Ataque de HACKER

DIAP aponta 55 ameaças aos direitos dos trabalhadores

Parceiros


© 2013 Fundação Iguaçu. Todos os direitos reservados.

Rua Fortunato Bebber, 1822 - São Cristóvão, Cascavel - Paraná

(45) 3227 3350